Remarketing a estratégia que vai fazer seu negócio decolar

Na primeira parte do nosso artigo sobre remarketing, finalizamos o post falando sobre a necessidade de utilizar o Google Ads e suas respectivas tags.

Se você quer aprender como criar um negócio online e ser um afiliado Hotmart, precisará entender uma hora sobre o remarketing.

E, como prometido, neste artigo daremos sequência ao passo 2!

Portanto, vamos começar!

Passo 2: Após criar o código com a tag, o Google criará automaticamente uma lista dentro do Google Ads. Essa lista será nomeada como “todos os visitantes”.

Essa lista é criada automaticamente pelo Google e não possui nenhum tipo de segmentação. Funciona apenas como uma ajuda para quem ainda não criou a própria lista.

Não é recomendado usar essa lista, já que ela será ampla demais. Após ela ser criada, você mesmo precisará inserir as suas listas já segmentadas no lugar desta.

Feito isso, você já estará quase concluindo sua primeira estratégia de remarketing!

Ao nomear o grupo de anúncios e escolher o lance inicial, você verá que na lista de remarketing estão todos os visitantes de sua página. Você pode finalizar já agora caso não queira mais criar campanhas por enquanto.

4 erros cometidos por iniciantes. Esses conceitos não estão corretos!

Fazer uma campanha no Google Ads dá trabalho, e se você não tiver um mínimo de conhecimento antes de começar a fazer, poderá cometer alguns erros bem comuns.

Mas como empreendedor online, você precisa aprender quais são os principais erros cometidos. Afinal, se você quer aprender como criar um negócio online, deverá poupar tempo e dinheiro.

Por isso, acompanhe abaixo quatro conceitos que muita gente ainda confunde quando entra nesse segmento.

  • 1- O código de acompanhamento de conversão coleta apenas conversos do Adwords

Errado! Quando você utiliza o código de acompanhamento, o Google Ads capta TODOS os dados de usuários que chegaram até a etapa de conversão. Não importa se essas pessoas vieram de campanhas diretas, de tráfego orgânico ou através de cliques em links patrocinados.

  • 2- Se o produto é internacional, devo restringir uma campanha somente para aquele país. Correto?

Errado! Não importa se você está usando as campanhas em apenas um idioma. Supondo que você tenha um domínio nos Estados Unidos, você é livre para segmentar as campanhas para qualquer país que fale inglês, como Canadá, Austrália, Inglaterra, etc. O que você não pode fazer é não ter um meio de enviar esse produto para os Estados Unidos ou qualquer outro que também fale inglês.

  • 3- Me disseram que o remarketing funciona apenas com anúncios em forma de gráfico.

Errado! O remarketing no Google Ads possui diferentes formas de permitir a criação de um anúncio.

Embora os anúncios gráficos sejam mais eficazes, os textos podem trazer até 30% mais de acessos e desempenho. Existem várias formas de anúncio e você deveria testar cada uma delas de acordo com a sua estratégia montada de marketing.

  • 4- Ao criar uma lista de remarketing, utilizei duas delas e selecionei a opção para selecionar todos os públicos. Agora, terei todos os usuários das listas selecionados, correto?

Errado! O que acontecerá agora é que o Google irá criar uma interseção entre as duas listas e somente os usuários em comum serão escolhidos para receberem as suas campanhas de remarketing.

É necessário escolher a opção “um ou mais desses públicos alvo” para que você possa contemplar todos os usuários com a sua campanha de remarketing.

3 dicas para implementar o remarketing em seus negócios

Dica número 1: A primeira dica é para que você dê uma atenção especial aos usuários que abandonaram o carrinho de compras. Você sabia que apenas 30% dos usuários conclui uma compra logo na primeira visita?

Crie uma relação mais duradoura com esses usuários, mantendo-os envolvidos por mais tempo e influenciando a comprar o seu produto.

Muitas vezes, os carrinhos são abandonados por motivos banais, como uma queda de internet, ou por falta de tempo. Lembrar nunca é demais!

Dica número 2: Sempre que você criar uma campanha de remarketing, uma opção é selecionar todos os países e todos os idiomas.

Ao fazer isso, você abrirá uma opção para que todos os usuários do mundo possam ver o seu anúncio.

Vamos supor agora que você esteja vendendo um produto digital, como um curso. Ao criar campanhas em português, você pode permitir que pessoas na Itália, na França ou no Canadá que também falem português se interessem pelo seu anúncio.

Se você puder entregar o produto nesses países (como é um produto digital, pode ser entregue em qualquer lugar), estará expandindo os horizontes do seu negócio. Não deixe de marcar essa opção!

Dica número 3: Com os relatórios do Google Analytics, você poderá acompanhar o desempenho das suas campanhas de remarketing. Não dê muita atenção para aquelas cujo desempenho está baixo. Simplesmente as exclua e foque nas que estão com o desempenho maior.

Mesmo para quem quer fazer parte de um programa de afiliados, é importante saber esse tipo de conceito.

O ideal a ser feito é excluir canais com baixo desempenho e focar em aumentar o lance para aqueles que estão dando um retorno maior, com maiores conversões. Se você não souber ao certo qual lance dar para um canal com maior desempenho, poderá usar essa opção automática dentro do Google Ads, clicando em otimizador de conversões.

Vale a pena usar remarketing no E-mail Marketing?

remarketing e negócios online

Como as campanhas de remarketing são direcionadas após a coleta de cookies, algumas pessoas utilizam o código dentro dos e-mails marketing para coletar mais cookies e poder lançar as campanhas.

O problema é que você corre o risco de aumentar a chance de se tornar um spammmer. Alguns códigos em JavaScript não devem ser utilizados dentro de um e-mail marketing, porque eles irão passar por filtros antes.

Além disso, alguns desses códigos simplesmente não funcionam estando no corpo de um e-mail marketing. Quando o e-mail passa por filtros antispam, pode acabar detectando o código em JavaScript e selecionar sua mensagem como phishing.

As mensagens phishing são aquelas que utilizam dados criptografados em imagens para roubar dados pessoais das pessoas. É muito comum que sejam enviadas mensagens falsas alegando ser do banco e pedindo aos usuários senha de cartão de crédito ou algo parecido.

Utilizar um código em Java no e-mail provavelmente colocaria seu e-mail marketing na categoria de phishing, e certamente não seria entregue. Ou simplesmente seria classificado como spam, e de qualquer modo não seria entregue.

Há uma alternativa de usar a tag noscript, utilizada depois do script. Essa tag indica que caso o usuário não tenha um leitor de javascript no seu dispositivo, receba o conteúdo ainda assim. Seria uma saída alternativa para exibir o conteúdo.

Só que usar essa tag com o remarketing do Google Ads não funciona. Além disso, há de se ressaltar mais uma restrição.

Os códigos utilizados dentro de um e-mail marketing permitem que o usuário veja as campanhas de remarketing somente no navegador que estava utilizando quando abriu o e-mail.

Vamos supor que por um infortúnio do destino esse usuário abriu o e-mail utilizando o Firefox porque o Google Chrome estava travando.

Assim que ele voltar a usar o Google Chrome, não vai mais visualizar os anúncios, que ficarão apenas no Firefox. Assim, o usuário acaba não recebendo o impacto das campanhas porque os dados do e-mail captaram os cookies do navegador, e não do dispositivo que o usuário está usando para acessar o website.

Portanto, não vale muito a pena o risco de se utilizar esse código dentro de um e-mail marketing.

Os usuários que receberem o e-mail só poderão visualizar o conteúdo se tiverem um leitor de javascript, e ainda assim poderá correr o risco de não ter sua mensagem enviada.

O recomendado é que você envie um e-mail marketing contendo um botão que induza o leitor a clicar, os botões call to action.

Esse botão deverá redirecionar o usuário para uma página online, que conterá o seu código de remarketing.

É uma maneira mais segura de fazer isso, evitando que você gaste seu tempo, dinheiro, e ainda coloque sua reputação em risco!

Parece muita coisa para ser aprendida para quem quer aprender como criar um negócio online, não é?

E de fato, é mesmo!

Mas para que você não se sinta perdido, eu tenho uma excelente recomendação a fazer: você já conhece o curso Fórmula Negócio Online?

Mas que curso é esse?

Curso Fórmula negócio online

Há mais de 15 anos, o empreendedor Alex Vargas começou sua carreira. Mas, nem de longe ele obteve esse sucesso de forma rápida.

Ele mesmo conta que no início era tudo muito complicado. A situação financeira era terrível.

Sabe aquela história de vender almoço para comprar jantar? Era mais ou menos assim.

E mesmo investindo muito dinheiro em cursos, ele nunca conseguia o retorno que esperava.

Até que um dia, fez uma última tentativa e comprou um curso de quase US$400 dólares.

Depois de colocar os ensinamentos em prática, o Alex conseguiu ganhar seus primeiros R$400 reais.

Claro que não é muita coisa, mas já é algo. Alguns anos depois, o Fórmula Negócio Online viraria um dos cursos mais conhecidos da web para quem quer aprender como se tornar um empreendedor digital de sucesso.

O mais engraçado é que, apesar de ser um curso simples, oferece um conteúdo extremamente rico em valor e organização para quem quer começar a empreender e ainda não tem familiaridade com o curso.

Agora, antes de falarmos mais sobre o curso em si, eu gostaria só de deixar algumas ressalvas importantes:

  • O Alex ganha hoje muito dinheiro com o curso. Ele vai ensinar para você exatamente o mesmo método que ele utilizou. Isso não significa, necessariamente, que você ganhará o mesmo dinheiro! O que ele vai ensinar é o caminho até chegar lá, e isso depende exclusivamente de você!
  • Você pode ganhar muito dinheiro com esse curso. Mas não espere aplicar todo o conhecimento e começar a ganhar rios de dinheiro já no primeiro mês.

Construir um negócio online demanda tempo, paciência e dedicação. O processo é lento e gradual, portanto, não crie tantas expectativas nas primeiras semanas!

Posso fazer o curso mesmo sendo iniciante?

Não importa sua idade, conhecimento, escolaridade, nada disso importa. tudo o que você precisa está no Fórmula Negócio Online!

Quando conheci o treinamento, não tinha nenhum tipo de conhecimento relacionado a marketing digital. Porém, estudei, apliquei e hoje estou aqui!

Quer mais dois bons motivos para adquirir o curso?

Para começar, a assinatura é vitalícia (por tempo limitado). Ou seja, uma vez que você fizer o pagamento, o curso será seu para sempre! Muitos cursos oferecem um prazo para o aluno, geralmente de um ano. O FNO não. Por enquanto, pois recebi a informação que, em breve isso vai mudar.

Se por acaso você achar que o curso não é para você, basta enviar um e-mail para o suporte solicitando o seu dinheiro de volta. A equipe não ficará questionando seus motivos. Mas atenção! Você tem no máximo 7 dias para fazer isso!

Eu posso te garantir: o Fórmula Negócio Online é um dos cursos mais eficientes e que poderá ajudar definitivamente você a construir seu próprio negócio online partindo de investimentos extremamente baixos!

Por isso, se você quer ser um afiliado digital e se tornar um bom empreendedor online, deve investir, acima de qualquer coisa, no seu próprio conhecimento!

Com o curso, você não só aprenderá como ser um afiliado Hotmart, ou como trabalhar com produção de conteúdo, mas aprenderá como ser um empreendedor online nato.

Com esse curso, você entenderá a dinâmica do mercado digital, de forma que possa se tornar um afiliado Hotmart e criar uma renda relativamente alta todos os meses!

Lembre-se: o maior investimento é aquele que você fará em você mesmo.

Como diz Warren Buffet, o maior acionista da Bolsa do mundo e dono de uma fortuna de mais de 80 bilhões de dólares, o maior investimento que ele fez foi nele mesmo com 100 dólares muitos anos atrás, ao comprar um livro para se educar financeiramente.

Gostou de saber mais sobre o remarketing e dos benefícios que o FNO pode trazer para você?

Então, deixe o seu comentário abaixo, e aproveite para compartilhar esse post em suas redes sociais!

Cadastre-se e Acesse o Curso GRÁTIS de Marketing Digital!

Do 0 a Mais de 6 MIL Por Mês Como Afiliada!

Enviarei em Seu Email e Jamais Enviarei Spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!